Personagens de Oração do Amor Selvagem: Thiago - Filmes que voam

Personagens de Oração do Amor Selvagem: Thiago

Personagens de Oração do Amor Selvagem: Thiago

Chico Diaz interpreta Thiago em Oração do Amor Selvagem

Em uma remota localidade no interior de Santa Catarina a ascensão de novas religiões e seitas provoca desconfiança de todos os lados. Thiago, interpretado pelo premiado ator Chico Diaz, alheio a este cenário busca ajuda para sua esposa em uma destas comunidades.

Thiago desloca-se até uma comunidade liderada por Otaviano (Adilson Maghá), que tem suas próprias crenças e leis. Por discordar de como a vida das pessoas é conduzida ali, Thiago – após o falecimento de sua esposa – preocupado com a segurança de sua filha, Clara (Camilla Araujo), resolve fazer o caminho de volta.

Contudo, durante a viagem, cansado e fraco, aceita a ajuda de uma solitária viúva (Sandra Coverloni) que vive próxima a uma comunidade comandada por um pastor fanático (Ivo Müller). Ali, depois de se envolver com a irmã do pastor, e por ter suas próprias convicções e acreditar que sua felicidade não depende de nenhum deus, sofre as consequências da intolerância religiosa e da ignorância humana.

Para Chico Diaz, Thiago é um personagem que num primeiro momento é tido como ‘xucro’ e ‘selvagem’, mas ao descer a serra e encontrar pessoas tidas como ‘civilizadas’ descobre que os ‘xucros’ estão ali. “Ele (Thiago) só crê no deus do amor, o que lhe custa um preço muito alto”, salienta.

Para Diaz, interpretar Thiago foi uma experiência ímpar e enriquecedora: “percebo que para alguém que pretende representar os semelhantes de seu tempo, em um novo Brasil exposto a um ponto de vista da intolerância, é um belo tema”.

Intolerância

Chico Diaz destaca que o tema intolerância religiosa é muito bem colocado e conduzido por Chico Faganello, diretor do longa. Ele explica ser muito importante essa discussão. “Estamos nos aproximando perigosamente de uma frente intolerante, em relação a vários pontos. Crenças, raças, classes, nacionalidades … é preciso repensar o Brasil, que sempre teve a fama de acolhedor das diferenças, e agora parece que não mais se suporta” aponta.

Filmagens em Santa Catarina

Rodado inteiramente no interior de Antônio Carlos, na Grande Florianópolis, Oração do amor Selvagem é livremente inspirado em fatos reais ocorridos no oeste do estado. Chico Diaz conta que filmar no estado foi muito bom, não penas pelo capital humano e amizades feitas nas locações, mas pela riqueza cultural. “Ver a fronteira alemã que ali se desenvolve de forma tão peculiar e interessante e poder aprender com ela é muito gratificante”. Ele complementa: “Fomos muito bem recebidos, e a família que tão bem nos recebeu e tratou, ficarão para sempre nos nossos corações. Sem eles não haveria filme, nem a harmonia que ali se instaurou. Meus completos agradecimentos a Antônio Carlos e seus habitantes”.

Oração do Amor Selvagem de Chico Faganello estreia dia 10 de dezembro nos melhores cinemas do Brasil.



Veja também:



Top Skip to content