Nosso canal RSS


Filmes em Libras e CANAL NOTA 10 00/00/0000
Cade meu Rango

Cade meu Rango

O portal Filmesquevoam lança o Canal Nota 10, com filmes produzidos em escolas,

e o Canal Muito Especial, com filmes na Língua Brasileira de Sinais.

Filmesquevoam lança em outubro na internet uma programação especial para crianças e adolescentes: o Canal Nota 10, onde estudantes podem divulgar seus filmes. O espaço abre com oito produções do Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Também estreia o Canal Muito Especial, com cinco filmes infantis legendados em Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Filmesquevoam é patrocinado pela Fundação Telefônica/Vivo, criada em 1999, que tem linhas de atuação voltadas para o acesso à educação, à melhoria da qualidade educativa e à divulgação do conhecimento.

 

Canal Nota 10

Estudantes de até 15 anos que realizam filmes como atividades escolares têm agora um espaço onde mostrar seus talentos. Para divulgar a produção da sua escola, escreva para contato@filmesquevoam.com.br. O material é avaliado por uma curadoria pedagógica e técnica e, se aprovado, recebe remuneração para ser exibido e baixado pelo público. É necessário ter autorização dos pais e das escolas. Músicas e imagens utilizadas devem ter liberação dos direitos de autor.

 

Canal Muito Especial

No Brasil, há em torno de 15 milhões de pessoas com deficiência visual ou auditiva. É para este público, que tem acesso restrito às produções culturais, que está voltado o Canal Muito Especial, com ênfase nas crianças e adolescentes. Os primeiros cinco filmes com versão interpretada em Libras são Bud’s songs time, O macaco e o rabo, O mistério do boi de mamão, Regando Bigodes e Cadê meu rango?. Pessoas surdas ou com alguma deficiência auditiva que já são alfabetizadas têm a opção de ver os filmes com legendas. Um dos objetivos do projeto é levar aos produtores audiovisuais informações sobre tecnologia para produzir conteúdos acessíveis.

 


Sobre Filmesquevoam

O portal filmesquevoam.com.br distribui filmes infantis e documentários brasileiros de qualidade. Seu modelo de negócios é baseado no consumo ético, em que as pessoas podem ver ou baixar os filmes gratuitamente e os realizadores recebem pagamento pela licença de suas obras.

“Estamos fazendo um trabalho pioneiro no Brasil, que está só começando”, diz o cineasta Chico Faganello, criador do projeto. “Nossos planos preveem a integração crescente entre os conteúdos dirigidos a pessoas com necessidades especiais e os filmes destinados a todas as pessoas, porque esperamos que, em breve, pensar em inclusão seja uma coisa comum, corriqueira".

O canal infantil tem uma parceria com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, um dos mais respeitados eventos do país dedicados ao cinema para infância, que já está na sua 12ª. Edição. A Mostra tem como característica principal a exibição de filmes brasileiros e estrangeiros de qualidade, além da reflexão sobre criatividade e políticas sobre audiovisual e criança.

 

Links e Redes Sociais

filmesquevoam.com.br

facebook.com/filmesquevoam

youtube.com/filmesquevoam

twitter.com/filmesquevoam

fundacaotelefonica.org.br

 

 

 


Os filmes – Canal Nota 10

 

Comparativo Entre as Espécies

Um comparativo entre a evolução humana e a evolução dos caranguejos.

Alunos EMEF Euvira Benedita Cardoso da Silva, Animação, Espírito Santo, 2010, 6’50”.

A Garça Graça

Durante um sonho, a menina Graça ouve dos bichos como a poluição ameaça a sobrevivência das espécies de animais e vegetais.

Alunos EMEF Tânia Pôncio Leite, Animação, Espírito Santo, 2010, 5’.

Vida no Mangue

A ocupação do manguezal através de décadas.

Alunos EMEF Martim Lutero, Animação, Espírito Santo, 2010, 7’30”.

Jornal da Criança

Um divertido documentário sobre reciclagem e meio ambiente, realizado por crianças de escolas municipais de Atibaia (SP), durante a oficina audiovisual Cinema & Cidadania.

Lorena Haddad, Rafaela Mitestanha, Geovana Rolim, Myrna Loren Bueno, Maria Vitória Tavares, Ana Beatriz Bezerra, Manuele Hildegart, Matheus Gabriel Fleire, Bárbara Alves. Documentário, São Paulo, 2011, 6’15”

O resgate do Lobisomem

Um grupo de crianças vai para a capital nacional do Lobisomem (Joanópolis – SP) para desvendar os mistérios desta lenda.

Brenda Nicole Medeiros Viana, Danilo Bartolomeu Bueno, Deborah Silva, Guilherme Leandro Vieira dos Santos, Livia Zago do Prado, Maria Camila Muniz, Patrick Cleiton Alves Pimentel, Pedro Lucas. Documentário, São Paulo, 2012, 8’30”.

Rap Consciente

O mangue pede socorro!

Alunos EMEF Amenóphis de Assis, Animação, Espírito Santo, 2010, 5’40”.

Raspa Tacho

Meu padrinho me deu uma viola e eu toco.

Mauricio Squarisi e Wilson Lazaretti, Animação, São Paulo, 2010, 3’50”.

Ser Criança em Campo Grande

Duas crianças contam seu dia vivido na capital do Mato Grosso do Sul. Imaginam a cidade governada por crianças super-heroínas, com chuva de doces e balas, transformada em uma docelândia, sorvetelândia e guaranalândia. Elas declaram o seu amor pela cidade.

Tina Xavier, Animação, Mato Grosso do Sul, 2011, 5’55”.

 

 

Os filmes – Canal Muito Especial

 

Bud’s songs time

Acompanhe a história do velho Roxx, que caminha pelo deserto de Gueramba. Ele chega ao seu local preferido e, como de costume, começa a tocar uma canção. A música atrai Bud, o monstro, um velho conhecido seu.

Hélder Nóbrega, Animação, SP, 2012, 3’50”.

O macaco e o rabo

O macaco perde o rabo e parte em uma busca para recuperá-lo. A cada personagem que ele encontra, sua situação se complica mais. Uma adaptação de um conto do folclore nordestino.

Direção Coletiva dos alunos da disciplina Animação Digital – Núcleo de Design UFPE/CAA, PE, 2011, 8’10”. 

O mistério do boi de mamão

Filme de aventura e suspense que envolve um grupo de crianças, futebol e a brincadeira do boi de mamão da Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

Luiza Lins, Ficção, SC, 2006, 14’.

Regando bigodes

Felipe, sete anos, sonha em ter bigodes como os do tio. Na tentativa de obter o resultado desejado, realiza alguns experimentos. Porém, nada sucede como o esperado, o que faz com que Felipe tenha que aprender a lidar com o tempo.

Thais Vasconcellos e Katia Lund, Ficção, RJ, 2012, 11’10”.

Cadê meu rango?

Bernard, preguiçoso e solitário, leva a vida tranquilamente em seu aconchegante lar. Certa manhã vai pegar sua comida, mas não a encontra. Quem pegou? Bernard encara o roubo como um desafio e busca formas de encontrar esse “ladrão”.

George Munari Damiani, Animação, SP, 2012, 4’10