CAPACITAÇÃO DE CEGOS PARA A INDÚSTRIA AUDIOVISUAL. CURSO DE INTRODUÇÃO PARA CONSULTORES EM AUDIODESCRIÇÃO. De 18 a 22 de fevereiro de 2019. Associação Catarinense para Integração do Cego, ACIC FlorianópolisImagem: Brunno Martins.

#PraTodosVerem: Cartaz retangular e horizontal, com as informações em letras amarelas destacadas sobre imagem em preto e branco. Fotografia da audiodescritora Márcia Caspary em meio a pessoas com fones receptores. Levemente voltada para à esquerda, ela sorri, está com um microfone headset, um tablet na mão direita e o braço esquerdo aberto. Márcia é branca, de cabelos pretos ondulados, usa óculos de grau e blusa preta sem mangas. À sua frente, em primeiro plano, o rosto de um rapaz de perfil que a observa ao lado de uma jovem negra voltada para à esquerda. Ao fundo, um muro grafitado. No topo, em duas linhas: CAPACITAÇÃO DE CEGOS PARA A INDÚSTRIA AUDIOVISUAL. CURSO DE INTRODUÇÃO PARA CONSULTORES EM AUDIODESCRIÇÃO. No rodapé: De 18 a 22 de fevereiro de 2019. Associação Catarinense para Integração do Cego, ACIC Florianópolis.

No Brasil o número de pessoas com deficiência visual é de cerca de sete milhões — seis milhões de pessoas com deficiência visual e baixa visão, mais 528.624 pessoas completamente cegas (IBGE 2010).

Quando pensamos em versões acessíveis de vídeos, filmes, séries e programas de TV, mesmo com as regulamentações para que as produções brasileiras financiadas por setores governamentais contenham recurso acessíveis, a maior parte deste produtos audiovisuais acessíveis atualmente produzida no Brasil não é exibida nas emissoras. Assim, é necessário promover conhecimento sobre o assunto, democratizando, dando subsídios aos profissionais e popularizando a produção de obras acessíveis para a cadeia produtiva, dos criadores aos exibidores.

E para além da garantia de ter uma versão acessível de filmes, séries, games e vídeos, a pessoa com deficiência visual também pode atuar na cadeia do audiovisual, como consultor em audiodescrição, trabalhando na construção e validação das versões acessíveis desses produtos.

Pensando nessa formação de mercado,  a Associação Catarinense para a Integração ao Cego (ACIC), em parceria com a produtora Filmes Que Voam, realiza de 18 a 22 de fevereiro de 2019 a Capacitação de Cegos para a Indústria Audiovisual: curso de Introdução para Consultores em Audiodescrição. O curso é gratuito e acontecerá na sede da ACIC, em Florianópolis. Serão oferecidas 20 vagas para pessoas com deficiência visual que tem interesse em atuar como consultores em audiodescrição e dez para pessoas sem deficiência que pesquisam, trabalham ou tem interesse em trabalhar na área. As inscrições já foram encerradas, mas é possível ter acesso a uma versão on-line e com acessibilidade das aulas do curso através do link bit.ly/adcursoonline

 

O CURSO

O curso mostra aos alunos a atuação do consultor em audiodescrição na indústria audiovisual e como buscar a profissionalização dentro desse mercado, trazendo uma abordagem de formação aos alunos cegos ou com baixa visão, de como usar as técnicas da audiodescrição, para atuar nesse campo de trabalho, produzindo e validando a audiodescrição em diferentes produtos.

As aulas serão ministradas pelo professor universitário e audiodescritor consultor Felipe Mianes, que tem uma vasta experiência em audiodescrição. Também trará a participação da locutora e audiodescritora Márcia Caspary – que  já realizou a AD de diversas obras e, da psicóloga da ACIC, Carla Azevedo, que é audiodescritora de eventos ao vivo e gravados. Os alunos também irão ter atividades práticas como a gravação e edição da AD para curtas-metragens e uma visita técnica a um estúdio de gravação. A programação completa do curso está disponível no site da Filmes que Voam – www.filmesquevoam.com.br.  

O curso terá 40 horas de duração. Os participantes que cumprirem pelo menos 80% da carga horária receberão certificados. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada a partir do dia 21 de janeiro, data da abertura das inscrições. O curso é resultante do Edital de Chamamento Público 001/2016 – Seleção de Projetos Culturais da Fundação Catarinense de Cultura.

PROGRAMAÇÃO

Segunda-Feira (18 de fevereiro de 2019)

Apresentação; O que é a audiodescrição; Histórico da audiodescrição no mundo e no Brasil;  Políticas públicas e legislação em acessibilidade (ênfase em AD); Diretrizes de AD no Brasil e no Mundo

Terça-feira (19 de fevereiro  de 2019)

Conceitos e Elementos básicos do Cinema;Quais são os tipos de Audiodescrição; A equipe de audiodescrição; Qual é o papel do Audiodescritor Roteirista na AD de Filmes; Qual é o papel do Consultor na AD de Filmes; Audiodescritor e a narração

Quarta-feira (20 de fevereiro  de 2019)

Audiodescritor e a produção/divulgação; Audiodescrição de imagens estáticas; Filme com AD – Longa metragem; Filme com AD – curta metragem; Elaboração de roteiros de AD; Passos para tornar um filme acessível (Locução, Edição, Distribuição, etc)

Quinta-feira (21 de fevereiro de 2019)

Narração de filmes; Atividades práticas: produção de roteiro, revisão e gravação; Visita a estúdio – Gravação de roteiro.  

Sexta-feira (22 fevereiro de 2019)

Edição de roteiro gravado; Apresentação e avaliação das atividades práticas; Encerramento.

 

Realização: ACIC, Filmes que Voam, FCC e Governo de SC

(Atualizado em 29/01/2019)

Comentários

comentários